Queres conhecer o Principezinho?

Queres conhecer o Principezinho?

“Rainha Louca”. Por incrível que pareça, não estou a falar de José Castelo Branco. Esse é, entre tantas outras coisas, um mero conde. Refiro-me à monarquia profissional. Até me admira não haver ainda mais princesinha choné, tendo em conta que a cópula entre primos direitos sempre foi uma espécie de desporto real. A História está cheia de exemplos de monarcas a quem a saúde mental não abunda, como é o caso de Joana de Castela que passou uns anitos numa tournée europeia com o caixão do marido. “Até que a morte vos separe” é coisa para maricas.

Não desfazendo das outras, eu tenho um fraquinho pela família real britânica. Diz-se que é uma família real, porque, como qualquer família, tem parentes que fazem figuras embaraçosas em público. Até aqui tudo bem, toda a gente tem um tio que se emborracha nos casamentos e dança sozinho com uma gravata na testa à Rambo. O problema da família real britânica é que não podem fazer nadinha, que aparece logo a sarna dos paparazzi a cair em cima, mais certo que as pulgas nos bancos da linha de Sintra. E o pior é que tudo acontece ao pobre príncipe Harry, infeliz vítima dos acontecimentos.

Da família real inglesa, o príncipe Harry é sem dúvida o meu Pokémon preferido, fiquei rendido quando apareceu numa festa com o fato nazi. Fez muito bem em usar aquela camisa, porque toda a gente sabe que o bege dá com tudo. Depois foi a cena em Las Vegas. O rapazito foi fotografado no fato em que veio ao mundo num quarto de hotel em Las Vegas, na companhia de uma cachopa, seguramente preocupada em puxar o lustro ao ceptro real e às restantes jóias da coroa. Uma partida de snooker que passa para um strip poker com prostitutas: vá lá, isto já aconteceu a todos. No fundo Harry foi movido por genuínas preocupações culturais, pretendia apenas dar a conhecer à gaiata o clássico de Saint-Exupéry: “Querida, chega-te aqui, quero que conheças o Principezinho”.

Brevemente venho falar do upgrade hormonal às mamas da Kate. Não percam o próximo episódio, porque eu também não!!